/BLOG

Destaque:

Cobrança Factoring

Software de cobrança extrajudicial: 8 dicas para escolher a melhor ferramenta!


11/02/2019 | 0 Comentários | por Decisão

Aliar tecnologia com o potencial humano se constitui em benefícios tanto para a empresa como para o colaborador. Mas, investir em um software de cobrança requer atenção para que ele consiga oferecer os reais benefícios para a empresa e para a equipe de cobrança.

Uma boa solução é garantia de otimização e automatização dos processos, mas, ele também tem papel fundamental na produtividade, bem como na redução de custos e riscos, garantindo segurança, controle operacional e gerencial de todo ciclo da cobrança.

Nesse post mostraremos 7 dicas para escolher o melhor software de cobrança extrajudicial. Então, não deixe de ler até o final!

Como escolher o melhor Software de Cobrança Extrajudicial?

1. Opte por um software fácil

Nenhuma solução funciona sozinha e sempre é necessária a presença de um colaborador para a operação da mesma.

Um bom software de cobrança extrajudicial precisa ser prático e de fácil utilização. Isso é, ele precisa ser compreensível para poder ser usado da forma correta e trazer os resultados esperados.

Precisa proporcionar um funcionamento claro e objetivo, facilitando o aprendizado e o uso por parte dos usuários.

2. Prefira sistemas em nuvem

Um sistema de cobrança deve estar disponível o tempo todo.

Por isso, o ideal é que você consiga acessá-lo na nuvem, 24 horas, quando precisar e onde estiver.

Os softwares na nuvem são aqueles que você não precisa instalar nada no seu computador. Só precisa de acesso a internet. Mais praticidade para sua empresa!

3. Cuide da segurança das informações

Se um software de cobrança extrajudicial deve permitir acesso na nuvem 24 horas por dia, 7 dias na semana, a segurança das informações é tão importante quanto.

Então, a solução deve garantir que as informações armazenadas sejam retidas em um servidor altamente confiável.

Além disso, o sistema precisa ter um controle seguro para acesso.

Um software seguro é controlado por senhas e limita operações de acordo com o cargo hierárquico, ou, em outras palavras, determina o que pode ser feito por cada usuário.

Essa garantia vai gerar tranquilidade para a empresa e o gestor. Além disso, o cliente ficará protegido, tendo suas informações em segurança.

4. Não se esqueça da produtividade

Um bom sistema de software de cobrança extrajudicial deve proporcionar uma maior produtividade na sua empresa.

A solução adequada vai permitir à equipe uma melhora expressiva no desempenho de suas funções, uma vez que ela vai eliminar conferências e repetições de tarefas.

Mas para que isso aconteça, é preciso que o software apresente um alto índice de eficácia, garantindo que por meio de uma fila de cobrança toda dívida seja cobrada.

5. Opte por uma plataforma única

Ao escolher um software para cobrança se certifique que todos os processos possam ser controlados e realizados em uma única plataforma, o que vai tornar as tarefas diárias mais rápidas, eficientes e produtivas.

A melhor solução sempre será aquela que oferecer maior capacidade de processamentos dos dados dos clientes, de forma rápida.

Interessante verificar também se a solução oferece acesso à multicanais de atendimentos digitais, como chat, SMS e área de atendimento/suporte.

6. Flexibilidade para negociação

Um software completo de cobrança extrajudicial precisa oferecer possibilidades para que o operador consiga realizar negociações com o cliente.

Por isso, a solução precisa apresentar configurações que permitam negociações de dívidas, de taxas e formatos de cobrança entre a empresa e o cliente.

7. Acompanhamento de métricas

Para sua segurança e produtividade é importante acompanhar os números em relação a cobrança, de perto. Um software de cobrança extrajudicial completo garante a emissão de relatórios e planilhas para que você consiga acompanhar o seu desempenho e do seu time.

No caso de uma assessoria de cobrança, por exemplo, o sistema deve permitir emissão de relatórios e planilhas mostrando os números de todo o processo em um tempo determinado, para ser apresentado ao seu cliente.

Além disso, o sistema ainda precisa oferecer relatórios para que se consiga acompanhar todo o andamento da equipe, sua produtividade geral, em determinado período de atividade, número de inadimplentes contatados, cobranças realizadas com sucesso, etc.

8. Analise as necessidades da sua empresa

Antes de escolher o melhor software de cobrança extrajudicial é preciso analisar atentamente as necessidades da sua empresa.

Infelizmente ainda se vê empresas investindo em softwares que complicaram a agilidade e produtividade da equipe, burocratizando processos e tornando-os mais complexos.

É preciso que o software venha somar e facilitar a operação da cobrança, ajudando a equipe a melhorar os resultados.

Opte pelo simples e funcional, um sistema onde você consiga entender e usar todas as ferramentas que ele oferece, bem como seus colaboradores, o que vai fazer a diferença nos seus resultados.

Agora que você leu nossas dicas de como escolher o melhor software de cobrança extrajudicial, que tal conhecer o DicobWeb? Uma solução que, certamente, pode ajudar a cobrança da sua empresa.

Compartilhar:

/DEIXE SEU COMENTÁRIO


Endereço

Rua Uberaba, s/n, Quadra 77, Lote 09,
Sobrado 03 - Jardim Luz
Aparecida de Goiânia - GO
74915-123.


Matriz - GO

(62) 4013-9300 / (62) 3280-9300


Filial - SP

(11) 5081-6033

    Siga-nos: