/BLOG

Destaque:

Cobrança Factoring

Cobrança pelo WhatsApp: entenda tudo sobre o assunto


09/10/2017 | 48 Comentários | por Decisão

Em geral, esse processo funciona se baseando em um contato inicial que leva ao aceite de uma negociação de valores. Para acertar em cheio, veja a seguir tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

A cobrança pelo WhatsApp é legal?

Quando se fala em utilizar o aplicativo como um meio de cobrança, uma das principais questões dos escritórios de cobrança é se essa é uma ação legal, em primeiro lugar. Como as cobranças possuem várias regras a serem seguidas, a dúvida não é injustificada.

Diante do crescimento exponencial da adesão às redes sociais no Brasil, o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) afirmou, ainda em 2013, que a cobrança via redes sociais é, sim, permitida. Sendo assim, empresas de recuperação de crédito podem usar o aplicativo como uma maneira de chegar mais facilmente aos devedores.

Por que utilizar a cobrança pelo WhatsApp?

Em primeiro lugar, o WhatsApp é uma ferramenta gratuita de comunicação. Isso, por si só, já ajuda a diminuir os custos envolvidos com ligações e outras formas de comunicação estabelecidas entre a assessoria e os devedores.

Além disso, essa forma é muito mais pessoal. Ao entrar em contato direto com o devedor dessa maneira, fica mais fácil oferecer condições ou explicar a situação de dívidas, aumentando a taxa de leitura.

Além disso, há vantagens a respeito da efetividade do processo de cobrança em si. Uma pesquisa do Instituto Gestão de Excelência Operacional em Cobrança (Geoc) mostrou que o uso das redes sociais ajuda a localizar pelo menos 72% dos inadimplentes que já eram considerados perdidos.

Como fazer cobranças pelo WhatsApp?

Para que a assessoria de cobrança obtenha sucesso nesse meio, vale a pena utilizar algumas dicas e estratégias. Dentre elas, estão questões como:

1. Usar mensagens curtas e mais simples

Não adianta enviar pelo WhatsApp uma mensagem muito longa e complexa como a que o escritório de cobrança enviaria em um e-mail ou em uma carta. Isso afasta o devedor e vai fazer com que ele sequer leia o que está sendo dito.

Em vez disso, prefira mensagens mais curtas ao entrar em contato inicialmente e ofereça vantagens para quitar o débito. A partir da resposta da outra parte, dê orientações breves e fáceis de serem compreendidas.

2. Pensar no uso do celular

Quando o devedor responde a uma mensagem no WhatsApp, normalmente ele está no celular. Por isso, é preciso tomar cuidado com essa questão na hora de orientá-lo. Se você pretende oferecer um link para um site, por exemplo, o ideal é que ele seja responsivo.

Por outro lado, pedir para imprimir um boleto ou para realizar tarefas muito complicadas vai apenas encerrar o contato de maneira breve. Sendo assim, é importante pensar no uso do celular e, a partir dele, se preparar para levar o atendimento para outros canais, como uma chamada de vídeo ou contato no telefone.

3. Prestar atenção aos horários

Enviar uma mensagem em um momento muito cedo ou muito tardio do dia não vai ser eficiente e, inclusive, pode ferir regras de cobrança. Porém, mandar uma mensagem em pleno expediente do cliente pode levar à demora de resposta ou mesmo à sua inexistência.

Sendo assim, é especialmente importante pensar nos horários em que as mensagens serão enviadas, dando preferência para aqueles como o finalzinho do horário comercial ou no horário de almoço — inclusive atentando-se ao fuso horário. Com mais disponibilidade por parte do devedor, há mais chances de o escritório de cobrança conseguir um contato efetivo.

A cobrança pelo WhatsApp pode ser especialmente vantajosa e efetiva para as assessorias de cobrança. Para tanto, usar estratégias quanto ao envio das mensagens e seus horários é especialmente necessário para que os objetivos sejam atingidos. Ao colocar essas estratégias em prática, vai ser muito mais fácil conseguir recuperar os créditos.

Gostou desse artigo? Então, compartilhe o texto nas suas redes sociais e deixe mais gente sabendo sobre essa possibilidade!

Compartilhar:

/DEIXE SEU COMENTÁRIO


Endereço

Rua Uberaba, s/n, Quadra 77, Lote 09,
Sobrado 03 - Jardim Luz
Aparecida de Goiânia - GO
74915-123.


Matriz - GO

(62) 4013-9300 / (62) 3280-9300


Filial - SP

(11) 5081-6033


Representante - MT

(65) 3646-8803 / 99227-5789

    Siga-nos: